Se você é líder, sabe o quanto é difícil construir imediatamente uma relação de confiança no trabalho com seus liderados e pares.

Com tanta concorrência, confiar em alguém é uma tarefa que demanda tempo, cuidado e estratégias eficientes.

Quando o sucesso nessa relação finalmente é alcançado, a empresa colhe os benefícios com resultados melhores, clima organizacional elevado, metas atingidas e equipes unidas, motivadas e engajadas.

Para que você conheça e coloque em prática, neste texto vamos explicar como a relação de confiança no trabalho é importante para o crescimento das pessoas dentro das organizações e de que forma o líder deve atuar para que esse processo seja efetivo.

Curioso? Não perca a leitura.

O que é relação de confiança no trabalho

Quando o líder constrói sua equipe, alguns elementos precisam ser levados em consideração — competência técnica e comportamental, facilidade com trabalho em equipe, inteligência emocional, entre outros — mas o principal deles se constrói no dia a dia: a relação de confiança no trabalho do liderado.

A confiança no trabalho é o que determina o grau de liberdade que um colaborador tem para dar sua opinião sobre um processo, compartilhar suas ideias sobre o produto e questionar a validade de determinadas ações, por exemplo.

Dentro de um time, todos se comunicam melhor quando há confiança interpessoal, o que leva a resultados melhores, entregas mais rápidas e qualidade superior de produtos e serviços.

Também depende da confiança no trabalho a eficiência da outra ponta: o gestor tem mais facilidade de delegar quando sabe do potencial, da capacidade e do comprometimento de sua equipe.

Pilares das relações de confiança no trabalho

Se você é líder de uma equipe e deseja estreitar a relação de confiança no trabalho e extrair de cada um todo o potencial técnico, esses pilares vão ajudar a construir essa relação. Vamos conhecê-los?

Dê o controle aos profissionais

Para que o ambiente de trabalho seja um local produtivo e de resultados é necessário que os colaboradores conheçam por completo toda a empresa e a função que exercem.

A importância de recrutar os perfis mais aderentes à cultura organizacional favorece esse processo.

Mesmo sabendo que sua produtividade é monitorada diariamente, o talento não deve se sentir fiscalizado ou reprimido, por essa razão, investir em treinamentos direcionados é necessário para que o vínculo de confiança seja fortalecido e o profissional se torne responsável pelos seus atos.

Ao saber que o controle não tira sua privacidade e sim expõe os seus talentos, ele se sentirá menos invadido e mais disposto a expressar suas ideias sobre como otimizar as tarefas para melhorar sua produtividade.

Compartilhe responsabilidades e benefícios

Uma característica que o líder deve desenvolver e aprimorar durante sua carreira é construir e manter um convívio de confiança mútua com seus liderados, não para se beneficiar, mas para melhorar continuamente o relacionamento e o desenvolvimento de sua equipe.

Manter cada funcionário atualizado sobre o quanto a função que ele exerce é importante para o crescimento do negócio e incluir em seu plano de carreira a responsabilidade de desempenhá-la com excelência torna o time mais responsável e engajado.

Escute e selecione as melhores ideias com crowdsourcingPowered by Rock Convert

A relação de confiança no trabalho se estreita quando o líder é capaz de delegar funções, confiando aos membros de sua equipe tarefas de alta responsabilidade, mas sempre se fazendo presente para ajudar caso as dúvidas apareçam.

Outro ponto importante é dividir com o time os benefícios adquiridos pelo bom desempenho em determinado desafio, deixando bem claro que toda a equipe é responsável pelo sucesso alcançado.

A sensação de pertencimento que essas atitudes despertam nos profissionais é importante para que eles busquem cada vez mais o seu crescimento profissional e de todos os seus pares.

Utilize a tecnologia como aliada

Investir em ferramentas tecnológicas para cultivar a relação de confiança no trabalho é uma estratégia que gera resultados positivos.

Estudar sobre aplicativos e sites que possam ajudar a liderança a conhecer mais sobre seus talentos e suas opiniões aumenta a quantidade de informações obtidas para que sejam utilizadas caso o profissional esteja desmotivado ou com baixo rendimento em suas atividades.

Lembrando que a tecnologia deve ser utilizada com moderação, caso contrário o colaborador se sentirá invadido e vigiado, aumentando o risco de corte na relação de confiança no trabalho.

Compartilhe as metas da empresa

Uma relação de confiança no trabalho é baseada em comunicação transparente, por esse motivo o líder deve manter seu time sempre atualizado sobre as mudanças e as metas da organização.

Expor essas informações aumenta o grau de engajamento e fortalece o vínculo produtivo, pois a equipe consciente de sua parcela de responsabilidade no cumprimento da meta se unirá ainda mais para alcançar o objetivo proposto.

O líder deve prezar por essa união e manter o clima organizacional sempre positivo para que as pessoas se sintam confortáveis e motivadas em seu ambiente de trabalho.

Use o feedback para criar relação de confiança no trabalho

Se você pratica todos os itens anteriores, esse talvez seja o mais fácil. Criar uma cultura de feedback aproxima o líder dos liderados e aumenta consideravelmente o grau de confiança entre as partes, porém, antes de falar, ouça o que o seu funcionário tem a dizer.

Profissionais que gostam do que fazem têm a necessidade de saber se estão no caminho certo e um bom líder deve ser a pessoa que o ajudará nessa trajetória, por isso o gestor deve buscar o desenvolvimento das suas atividades e se especializar na arte de produzir feedbacks construtivos.

A relação de confiança no trabalho deve ser cultivada com uma comunicação transparente, respeito mútuo e diálogo.

Uma boa liderança se constrói com o desejo de ter e formar uma equipe capaz de desenvolver suas atividades com excelência e motivada no cumprimento das metas.

A principal estratégia de uma empresa deve ser o desenvolvimento de uma cultura organizacional capaz de incluir todos os talentos no sucesso do negócio e o líder deve ser o facilitador desse processo.

Dessa forma, a confiança no trabalho se torna algo natural e a relação entre companhia e funcionário se eleva para uma relação de parceria.

Se esse texto foi importante para seu desenvolvimento, confira nosso conteúdo sobre como a estratégia da escuta atua na satisfação dos profissionais e amplie seus conhecimentos em liderança corporativa!