Seu propósito organizacional é inspirador o suficiente para motivar seus colaboradores?

Ele pode ser resumido em uma simples frase, mas traz toda a essência da sua empresa e a razão de sua fundação.

Muito além de palavras de impacto, é uma promessa de valor para a sociedade e uma fonte de inspiração para colaboradores. 

Por isso, você precisa caprichar na definição e implementação de seu propósito organizacional, como vamos mostrar ao longo do artigo.

Siga a leitura e entenda a importância desse conceito.

O que é propósito organizacional?

Propósito organizacional é a razão pela qual uma empresa foi fundada resumida em uma única frase.

Essa é a explicação mais objetiva possível, mas também podemos usar definições mais elaboradas como a do EY Beacon Institute:

“Uma razão de existir aspiracional, capaz de inspirar e convocar à ação uma organização e seus stakeholders, além de promover benefícios à sociedade local e global”.  

Considerando que as empresas já foram vistas unicamente como máquinas de fazer dinheiro, o propósito organizacional mudou profundamente a forma como encaramos o papel das organizações com fins lucrativos. 

Para o teórico Peter Drucker, o pai da administração moderna, o propósito de todo negócio é criar um cliente

Com isso, ele quer dizer que as empresas existem para satisfazer as necessidades e solucionar os problemas das pessoas — ou, como dizemos no mundo dos negócios, gerar valor para os consumidores. 

Mas esse valor não tem como público-alvo apenas os clientes, englobando também os outros stakeholders (públicos interessados): colaboradores, parceiros, fornecedores e comunidade em que a empresa atua. 

Logo, o propósito organizacional deve sintetizar a essência do negócio e o valor que será entregue à sociedade — de preferência, em uma frase de impacto

Por que o propósito organizacional é tão importante?

Não faltam evidências e estatísticas de que o propósito organizacional é o alicerce das empresas modernas. 

De acordo com uma pesquisa da consultoria Korn Ferry, publicada em 2018, as empresas em que as equipes trabalham concentradas no propósito da organização apresentam taxas de crescimento anual três vezes maiores do que as de seus concorrentes. 

Além disso, 90% dos colaboradores que trabalham em empresas orientadas por propósitos (purpose-driven) relatam sentir-se envolvidos e engajados em seu trabalho. 

Já nas organizações que secundarizam esse aspecto, apenas 32% dos colaboradores se sentem conectados às suas funções diárias. 

Outra pesquisa sobre propósito no trabalho, realizada em 2017 pela PwC, mostra que 79% dos líderes globais acreditam que o propósito é fundamental para o sucesso dos negócios. 

Enquanto isso, 83% dos colaboradores afirmam que o significado de seu trabalho diário é a principal prioridade e fator de motivação no emprego. 

Ou seja: tanto os líderes quanto os colaboradores concordam que o propósito é a essência da organização, que dá sentido ao trabalho e move a empresa em direção aos seus objetivos. 

Para você ter uma ideia da importância desse conceito no mundo dos negócios, as maiores corporações dos EUA assinam anualmente um compromisso público com propósitos em comum, tendo como público-alvo todos os stakeholders (clientes, colaboradores, fornecedores e comunidades).

O documento se chama “Declaração do Propósito de uma Corporação” (Statement on the Purpose of a Corporation), e a edição de fevereiro de 2020 traz os seguintes compromissos:

  • Entregar valor aos nossos clientes, seguindo a tradição norte-americana de atender ou superar as expectativas dos consumidores
  • Investir em nossos colaboradores, oferecendo salários justos, apoio, treinamento e capacitação para ajudá-los na adaptação a um mundo de mudanças rápidas
  • Tratar nossos fornecedores de forma ética e justa, priorizando a parceria com empresas que se alinham à nossa missão 
  • Apoiar as comunidades com as quais trabalhamos, respeitando as pessoas e protegendo o meio ambiente ao adotar práticas sustentáveis 
  • Gerar valor de longo prazo para investidores e acionistas que proporcionam o capital necessário ao nosso crescimento e inovação, garantindo a transparência e engajamento.

A declaração é assinada por empresas como Amazon, Apple, Bayer, Deloitte, Dell, IBM, KPMG, 3M e outras gigantes, que mostram que a razão de existir de uma empresa vai muito além de gerar lucros

Exemplos de propósitos organizacionais

Para entender como funciona o propósito organizacional na prática, vamos dar alguns exemplos fictícios e reais.

Basicamente, a frase deve responder à pergunta “por que o trabalho da sua empresa é importante?”, e não “o que sua empresa faz?”.

Logo, o resultado deve ser inspirador e engajante para os colaboradores, e não apenas uma descrição dos produtos e serviços ou mesmo uma declaração de missão, visão e valores. 

E-book_CrowdsourcingPowered by Rock Convert

Veja alguns exemplos genéricos com base em segmentos de empresas:

  • Setor financeiro: “Nós ajudamos pessoas a realizar sonhos”
  • Alimentação: “Nós nutrimos famílias para um futuro mais saudável”
  • Internet: “Nós conectamos pessoas a novas oportunidades”
  • Saúde: “Nós cuidamos das pessoas que vão construir um mundo melhor”
  • Comunicação: “Nós criamos marcas memoráveis para consumidores exigentes”.

Entre os exemplos reais, temos o propósito do Facebook: “Empoderar pessoas para compartilhar e tornar o mundo mais aberto e conectado”.

Em outros momentos, Mark Zuckerberg já resumiu ainda mais essa frase, chegando a “Fortalecer a forma como as pessoas se relacionam umas com as outras”. 

Já o propósito do Google é “organizar toda a informação do mundo e torná-la universalmente útil e acessível”.

6 passos para definir seu propósito organizacional e incorporá-lo à cultura

Depois de entender o conceito de propósito organizacional, você imagina como definir o seu e incorporá-lo à sua cultura?

Siga o passo a passo para consolidar sua razão de fazer negócios.

1. Vá além da missão, visão e valores

Apesar da ligação intrínseca, seu propósito não é o mesmo que a missão, visão e valores da empresa.

A missão é o resultado que sua empresa pretende alcançar com seus produtos e serviços, a visão mostra onde sua empresa quer chegar no mercado e os valores são princípios que vão nortear a estratégia e trajetória da organização.

Já o propósito é a razão por trás de tudo isso, que dá um passo além da solução para os problemas do consumidor e geração de valor para os stakeholders.

Além disso, o propósito deve ser atemporal e valer para qualquer fase da empresa.

 2. Use os critérios do propósito

Ao construir o propósito da sua organização, pense nos seguintes critérios:

  • Reforçar a cultura da empresa
  • Capturar a definição da contribuição do negócio para a sociedade
  • Traduzir a razão de existir da organização
  • Ser inspirador o suficiente para unir esforços e incentivar a ação
  • Ser uma fonte de significado para os colaboradores
  • Ser fácil de lembrar e dizer. 

3. Faça o check-list 

Depois de criar seu propósito organizacional, não se esqueça de usar este check-list para evitar os erros mais comuns:

  • A frase é uma contribuição para a sociedade, e não um produto ou serviço?
  • A frase responde à questão “por que nosso trabalho é importante?”
  • A frase utiliza palavras aspiracionais e motivacionais?
  • É curta o suficiente para que todos fixem a mensagem?
  • É ampla o suficiente para se encaixar em qualquer fase da empresa e permitir futuras mudanças?

4. Envolva a liderança 

Seus líderes devem estar profundamente envolvidos com o propósito organizacional, prontos para promovê-lo entre as equipes. 

Por isso, é importante envolver a liderança no processo de desenvolvimento do propósito e garantir que todos concordem com o resultado.

Assim, eles serão os embaixadores oficiais do propósito da empresa e terão mais um recurso para motivar seus colaboradores.

5. Enraíze o propósito na cultura

Com seu propósito definido, é hora de enraizar a frase na sua cultura desde a base. Para isso, você deverá incluí-lo em todos os treinamentos, orientações, eventos, rituais e histórias da sua empresa. 

A ideia é fixar o propósito na mente de todos e direcionar todas as ações da organização a partir dele. 

Logo, a frase estará presente nas reuniões, apresentações, materiais de apoio e qualquer tradição da empresa.

6. Construa confiança a partir do propósito

Um dos principais objetivos do propósito organizacional é construir confiança dentro e fora da empresa.

Em um momento de crise global da confiabilidade das organizações, é ainda mais importante garantir que seu propósito evoque transparência e credibilidade.

Para isso, comece abrindo o diálogo com os colaboradores e permitindo a participação de todos na construção do propósito organizacional, solicitando feedback sobre a frase e confirmando se ela reflete a realidade da empresa.

Waggl: a ferramenta para empresas de propósito

Agora que você entendeu como desenvolver seu propósito organizacional, já pode utilizar a tecnologia para instrumentalizá-lo e, depois, medir seus resultados.

No caso, a Waggl é a ferramenta perfeita para promover seu propósito entre os colaboradores e acompanhar os níveis de engajamento.

É uma plataforma de crowdsourcing que funciona com a metodologia de pesquisa pulso, que possibilita ampliar a frequência de ouvir as pessoas, coletar e selecionar informações de forma rápida, simples e inclusiva.

Com ela, você consegue ouvir seus colaboradores e compreender a percepção deles sobre a cultura da empresa, além de verificar se os comportamentos desejados estão sendo praticados e percebidos.

Para entender melhor como isso é possível, agende uma demo e veja como implementar seu propósito coletivamente

Escute e selecione as melhores ideias com crowdsourcingPowered by Rock Convert