Engajar colaboradores e torná-los mais produtivos e motivados tem sido um desafio e tanto para as empresas. Trazer clientes para o negócio também.

A tecnologia tem transformado a vida das pessoas. Cada vez mais, inovações diversas têm impactado positivamente vários setores, como educação, negócios, saúde e até mesmo o RH das empresas.

A gamificação é uma prática que vem sendo muito usada por diversas organizações, tanto para engajar funcionários quanto para fidelizar clientes. Mas você sabe o que é gamificação e como você pode aplicá-la no seu negócio? Continue a leitura e saiba mais!

O que é gamificação?

Do inglês gamification, a gamificação é o uso de mecânicas e dinâmicas de jogos em um determinado setor. Por isso, muitas pessoas pensam que se trata de um game ou de uma metodologia que transforma determinada atividade em uma brincadeira. Porém, como vamos ver mais adiante, o conceito do que é gamificação vai muito mais além disso.

Como a gamificação é algo que já faz parte do nosso dia a dia, você provavelmente já está acostumado com a ideia. Atualmente, esse método está indo além do ambiente escolar e acadêmico. Ele está presente em empresas para atingir tanto os colaboradores quanto os consumidores.

Além dos desafios propostos nos jogos, na gamificação as recompensas são itens cruciais para o seu sucesso. Essencialmente, a gamificação é o uso de ideias e mecanismos de jogos para motivar alguém a fazer algo.

Por que é tão importante e quais os reflexos na empresa?

Como falamos, gamificação é um conceito que vai além de entretenimento. Essa é uma ferramenta de aprendizagem muito forte e é uma das maiores apostas quando se trata de inovação no campo educacional e nos treinamentos, com auxílio da tecnologia.

Algumas pessoas a conhecem como ludificação, que traz como conceito fazer uma tarefa tediosa se transformar em uma atividade motivadora e agradável. Esse mecanismo faz com que o participante se torne mais engajado e criativo.

A gamificação não somente motiva pessoas e as torna mais curiosas, ela também resolve problemas e melhora o aprendizado, já que estimula ações e comportamentos fora do ambiente dos jogos.

Assim, é possível estimular o interesse e a colaboração, além de incentivar a resolver problemas de forma mais ágil e a praticar o poder de decisão. Ademais, a gamificação incita a competitividade saudável em todo e qualquer ambiente. Ainda possibilita um feedback imediato e recompensas por tomada de decisões.

O uso da gamificação desenvolve habilidades, varia o processo de ensino e incita a superação e o alcance das metas. Além de deixar a busca pelos objetivos da empresa mais divertidos, o usa da gamificação faz com que os colaboradores ajam de forma voluntária e provoca uma atitude proativa.

Benefícios e fatores a respeito do uso da gamificação pelas empresas

A popularidade dos games não vem de hoje. Eles têm diversos formatos e objetivos, o que possibilita que atinjam vários públicos, independentemente do gênero ou da idade. Além disso, os jogos são ferramentas que mudam o mundo e incitam otimismo e esperança nas pessoas. Com isso, é bem compreensível o motivo das empresas utilizarem cada vez mais esses recursos no seus treinamentos e nos engajamentos de funcionários e clientes.

Há algumas habilidades comportamentais que são desenvolvidas por meio da gamificação, são elas:

engajamentoPowered by Rock Convert
  • persistência;
  • otimismo;
  • cooperação.

Além desses atributos, existem alguns fatores que explicam por que a gamificação está ganhando cada vez mais espaço e vem sendo muito usada nas grandes corporações. Alguns pontos que podemos citar são:

  • metas: há motivação dos colaboradores no momento de trabalhar por um objetivo, já que, ao atingirem os resultados esperados, eles recebem uma recompensa;
  • regras: necessárias para alinhar o trabalho ao objetivo e para fazer com que o colaborador contribua da melhor forma;
  • feedback: tendo o acompanhamento da sua evolução, o colaborador consegue perceber o que deve ser mantido e o que deve ser repensado;
  • participação voluntária: o jogador escolhe participar ou não do processo, contudo, ele recebe bastante motivação e incentivo, o que pode despertar seu interesse;
  • aprendizado: quando um colaborador novo chega à empresa, é importante deixar suas funções bem claras, transmitir o conhecimento e dar autonomia para que ele entenda como o trabalho deve ser feito;
  • premiação: valorizar o esforço do funcionário, reconhecer seu trabalho e recompensá-lo pelas metas atingidas faz com que ele se sinta importante dentro da organização.

Quais as formas de usar a gamificação na sua empresa?

É possível, assim, compreender por que cada vez mais as empresas estão utilizando a gamificação como uma ótima estratégia para arrematar o relacionamento com os colaboradores.

Agora que você já entendeu o que é a gamificação e percebeu qual a importância dela para sua empresa, vamos definir de que forma você pode aplicá-la em seu negócio. 

Uso da gamificação em treinamentos

A gamificação tem sido muito usada nas empresas em processos seletivos, nos treinamentos de colaboradores a respeito de alguma mudança na cultura organizacional do negócio, na construção de um novo setor ou habilidade e na adaptação a um novo produto ofertado.

Por exemplo, imagine uma loja. Como uma forma de capacitar os vendedores a vender um produto novo que será colocado no mercado, por que não incentivar a equipe a conferir um material online e logo após responder um quiz a respeito do novo produto?

Por fim, além de estimular um contato com a empresa, a gamificação contribui para a análise de desenvolvimento de novas campanhas.

Engajamento dos funcionários

Como já comentamos ao longo deste post, alguns dos principais benefícios da gamificação são o engajamento dos colaboradores e a possibilidade de tornar o aprendizado divertido.

Portanto, crie, por exemplo, uma competição lúdica em que as equipes terão nomes como “Quarteto Fantástico” ou “Liga da Justiça”. A premiação pode se chamar “Oscar de Vendas” (no caso de ser em um setor comercial). Uma sugestão para esse momento é a empresa presentear seus funcionários com ingressos para um filme. Quanto mais relevante for a metáfora para a equipe, mas as pessoas vão se envolver.

Aumento de produtividade

Além do engajamento, um dos objetivos da gamificação é tornar a equipe mais produtiva. Portanto, estimule os colaboradores criando pequenos desafios com um sistema de pontuação. Por exemplo, se os vendedores de uma empresa atingirem uma meta pré-estipulada de vendas para a semana, no final de sete dias, a empresa vai promover um evento só para a equipe de vendas.

Outro exemplo que podemos citar é a ação de estimular a competitividade: o vendedor que render mais na semana, ou que tiver feito mais pontos no quiz a respeito de um novo produto, ganhará um dia de folga.

Fidelização de cliente

A gamificação pode ser usada não somente para a comunicação interna, mas também para a externa, buscando a fidelização dos clientes. Muitos são os sistemas criados pelas empresas para esse objetivo.

A maioria deles utiliza o sistema de pontos a cada compra feita pelo cliente no estabelecimento. Juntado uma certa quantia, a pontuação pode ser trocada por outros produtos.

Neste post, você viu o que é gamificação, uma ferramenta com mecânicas e dinâmicas de jogos muito benéficas para as empresas, não somente para engajar, motivar e educar funcionários, mas também para fidelizar clientes.

Gostou do artigo? Então, compartilhe este texto com seu amigos e colegas de trabalho!

Powered by Rock Convert